quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Como Surgiu o Esporte

A Origem do Esporte





Ninguém sabe ao certo quando surgiu o esporte, mas diz-se que algumas modalidades já eram praticadas há mais de 3 mil anos por orientais, romanos e, sobretudo, gregos. Nessa época, os soldados faziam lançamento de disco e bola de ferro para ganhar mais resistência e defender melhor seu povo nas batalhas.
O esporte também servia como forma de homenagem a deuses do Olimpo, como Apolo, Zeus e Posseidon. Parou de ser praticado pelos gregos quando os romanos dominaram a Europa e derrubaram os templos e o estádio de Olímpia.



A importancia do esporte em nossas vidas


Fazer esporte não deixa as pessoas apenas saudáveis, desenvolve também o espírito e fortalece o caráter



A prática de esportes é de fundamental importância para a vida do ser humano, está relacionada com todas as áreas de atuação do homem. Possui a capacidade de melhor a condição física e de manter nossa saúde em elevados padrões de qualidade.



A importância do esporte todo mundo sabe, mas muita gente esquece. A maioria se atém apenas à beleza estética que ele promove, se esquecendo de seus muitos benefícios como o desenvolvimento psicomotor, a socialização, a capacidade de superação e de realização, a disciplina, a consciência de que todo esforço tem suas compensações, as alegrias da vitória e até o aprendizado do sabor amargo da derrota. É ainda uma maneira de afastar as crianças e os adolescentes do convívio com as drogas e, claro, ver os filhos mais bonitos e saudáveis. O economista Alberto Guth, pai de dois meninos, acredita nos benefícios do esportes. "Um deles é consolidar uma série de aspectos da vida real de uma maneira lúdica, em um ambiente agradável e que ao mesmo tempo fortalece a saúde", diz. Alberto enumera outras vantagens: "Existem regras que devem ser seguidas; punições caso não sejam e a presença de uma autoridade que arbitra se as regras foram ou não seguidas. Há ainda o esforço na preparação ou durante o jogo, que é recompensado na maioria das vezes ou serve de aprendizado para o futuro. Aprende-se a trabalhar em equipe, um por todos e todos por um. Equipes normalmente tem líderes, que devem ser respeitados. Existem derrotas mesmo quando fazemos tudo certo e somos melhores, mostrando que elas existem para nos aprimorarmos cada vez mais e aprendermos a lidar com os fracassos, pois o mundo continua. Realizações devem ser sempre comemoradas com ou sem vitórias. Sabemos que sempre existem pessoas melhores que nós e também piores". Ele também enfatiza que o esporte é uma maneira de afastar as crianças e os adolescentes das drogas. "Porém, sem nenhuma garantia", alerta.A arquiteta Regina Maria Mariane, mãe de um casal, acha o esporte imprescindível na vida da criança e do adolescente, porque ensina a conviver, a competir, a lidar em grupo para toda a vida e nas diversas situações ao longo dela. "Você tem que aprender a ceder, a se impor e a ajudar o outro, entre outras coisas. Por isso, os esportes coletivos são extremamente úteis para a socialização", conclui. Para Regina, a prática de esportes também é importante para o preparo físico, já que traz vários benefícios para a saúde, como disposição, postura e resistência física para o dia-a-dia da garotada, além de criar hábitos saudáveis para a vida adulta. Mesmo assim, ela não cultiva a preocupação de que seus filhos sigam um determinado esporte, ainda. "Vai ter uma hora em que eles vão se encantar por um deles, então vou incentivar ao máximo. Eles estão experimentando vários tipos de esporte e suas peculiaridades, a certa altura vão se identificar mais com um e assim começarão a se dedicar mais a ele", revela. Ela também acredita que os esportes afastam a garotada das drogas e garante que percebeu essa vantagem através de leituras e conversas com outras mães. "Isso acontece porque a criança precisa acordar cedo, estar disposta e a droga debilita fisicamente", conclui. A geógrafa Branca Americano tem um casal de adolescentes e vê no esporte um direcionamento da energia das crianças. "Eles tem uma energia inesgotável. Se o adolescente só estuda e vê TV, não é saudável. Ele deve escolher um esporte para despender as energias e, principalmente, por causa do crescimento. O esporte desenvolve a conscientização sobre os limites do corpo, ajuda a socializar, a aprimorar a flexibilidade do corpo e exercita a musculatura. Pois assim como a mente, você precisa trabalhar com o corpo para desenvolvê-lo", afirma. Branca também compartilha da idéia de que é preciso dar liberdade e mostrar opções, para que o adolescente vá, pouco a pouco, se encantando por alguma atividade física e assim escolha a que mais lhe agrada. "Meus filhos trocam de esporte de vez em quando. Penso que os pais não devem ficar chateados com isso, pois eles estão numa idade de descobertas. Só não permito que fiquem parados. Se você deixar, o adolescente vai ficar corcunda e barrigudo com quatorze anos. Não vejo só pela estética, que é bastante enfatizada hoje em dia pela garotada, mas se não se cria o hábito, você torna aquele adolescente em um adulto sedentário, com todos os problemas que o sedentarismo tem acarretado para a saúde", alerta. O engenheiro agrônomo Ricardo Vianna Rodrigues tem um filho e acredita que a atividade física estimula o desenvolvimento neuro-motor da criança. "Por isso se criam cada vez mais jogos e exercícios que ajudam no crescimento, desenvolvem a coordenação motora e a noção de tempo e de espaço, além de corrigir a postura, fortalecer a musculatura e ajudar a irrigar as áreas periféricas, da maneira mais lúdica possível", esclarece. Ricardo vê o esporte como uma maneira de substituirmos tudo o que era feito com naturalidade, antes do rompimento que fizemos com o campo e a natureza. "Vivemos uma vida sedentária e o esporte é uma maneira de suprir essa carência", raciocina.

4 comentários:

larissa disse...

isso tudo e verdade porque se no mundo não tivesse nem um esporte a gente não teria exercicios e isso e muito importante para a vida de muitas gente e para mim tambem.
de:larissa
para:o surgimento do esporte para a vida do ser humano.

larissa disse...

mas os gregos eram muitos folgados
mais os primeiros esportes deles eram muitos engraçados gostei muitos.
vou ficar muitos ligado nisso.

Pregadora Elis Regina disse...

OS BRASILEIRO SAO MUITO BURRO,NAO FAZ NADA,SO COPIA!!!!!!EU TENHO VERGONHA DE SE BRASILEIRA!!!!

Pregadora Elis Regina disse...

que historia interesante!!!!!!!!!